Publicidade

Montar o seu computador ou comprá-lo pronto?


Os seres humanos foram condicionados á preferirem sempre o mais fácil, a exemplo disso foi a construção do (CONTRLE REMOTO) sendo que ele não precisaria mais deslocar-se do seu assento. Motivado em oferecer uma resolução científica para esse problema, resolvi expor aos meus leitores do blog algum resultados desse tema interessante, sendo que fazendo a opção de seguir esta pesquisa os resultados não só serão satisfatórios como contribuirá para que o ser humano não se acomode, e que contribua para sua própria evolução.    

Para aqueles que entendem pelo menos um pouco de informática, a opinião é unânime: "Sim, ainda vale a pena montar um computador". A prática só não é indicada para quem tem muita pressa ou é totalmente leigo no assunto.
O técnico de computadores Bruno Novaes explica que "a pessoa que é leiga tem que se informar um pouco com alguém que conheça,  uma pessoa, um técnico ou uma empresa em que a pessoa confie"...
Já para quem sabe exatamente o que quer e qual será a finalidade da máquina, montar um PC é totalmente viável e tem suas vantagens. A principal ainda é o fato de poder escolher todas as peças do micro, item a item, conforme sua necessidade...
Bruno explica que "comprar um computador pronto e montado, é uma compra no escuro". Ele diz que a parte da população que compra o computador que já vem montado não está sabendo o que está adquirindo: "Ela só imagina que o computador vai suprir as expectativas dela", comenta.
Seja por comodidade, segurança ou falta de informação, a venda de PCs montados em lojas de informática caiu bastante. Há pouco tempo esta loja vendia, em média, 30 máquinas por dia. Hoje sai, no máximo, um computador a cada 24 horas.
Os valores das máquinas prontas e das montadas são bastante equivalentes. Um equipamento mediano – suficiente para a maioria dos usuários domésticos – sai entre R$600 e R$700. Aqui, a vantagem maior dos grandes magazines é que este valor pode ser parcelado em mais vezes. As lojas menores não têm condições de oferecer tanta facilidade de pagamento.
Agora quando o assunto são máquinas de alta performance, a diferença é mesmo no bolso! Uma máquina de marca boa, completa e confiável é bem mais cara do que um micro equivalente montado em uma loja especializada.

Vale lembrar que quando a gente fala de máquinas montadas, estamos nos referindo especificamente a desktops. Montar um notebook é praticamente impossível. Nos equipamentos portáteis, o máximo que se pode fazer é trocar alguns componentes para melhorar sua performance.

E você? Qual sua opinião? Seu computador foi montado peça a peça ou você o comprou prontinho em uma grande loja de varejo? Divida sua opinião com a gente e com os outros seguidores do Olhar Digital nos comentários. Participe!

Comente com o Facebook: