Publicidade

Polêmico exame de sangue poderá informar a expectativa de vida da pessoa

O teste, que mostra o quanto o indivíduo está envelhecendo biologicamente, custará US$ 700 e poderá ser feito a partir do ano que vem
Um novo exame de sangue que deve chegar ao mercado britânico em 2012 tem como objetivo prever quanto tempo de vida o paciente ainda tem. Segundo o site Pop Sci, a novidade está gerando controvérsias em todo o mundo. O teste, que foi desenvolvido no Centro Espanhol de Pesquisa de Câncer, mede os telômeros do indivíduo, estruturas encontradas nas pontas dos cromossomos...
De acordo com o site, o comprimento dos telômeros, aparentemente, está relacionado com a rapidez com que uma pessoa está envelhecendo biologicamente e, portanto, podem dar uma ideia do quanto o corpo ainda pode sobreviver. Segundo o site, aquelas pessoas com telômeros mais curtos do que o normal terão uma menor expectativa de vida média e os indivíduos com os telômeros maiores, terão anos a mais.   Os críticos veem a novidade como um grande problema. Para eles, as seguradoras podem começar  a exigir o teste para determinar a taxa do seguro de vida e as seguradoras de saúde também. Fora isso, os críticos acreditam que podem surgir várias fraudes na medicina, que irão prometer o aumento dos telômeros. O exame deverá ser comercializado pela empresa Life Length, que está em negociações com empresas de diagnósticos médicos por toda a Europa e deverá custar em torno de US$ 700.

Fonte: olhardigital.uol.com.br 


Comente com o Facebook: